domingo, 7 de outubro de 2018

Promoção - O Bem-Aventurado Sr. Político

Comecei ontem, sábado, período pré-FESTA DA DEMOCRACIA, uma promoção oportuna de O Bem-Aventurado Sr.Político, meu último conto lançado na Amazon. Também estou trabalhando em duas novas histórias, mas não sei quando será o lançamento. Gostaria que fosse nesse ano, mas não garanto nada. Talvez lance meus dois novos conto em 2019 se ainda houver um Brasil para se viver.

Você pode adquirir GRATUITAMENTE O Bem-Aventurado Sr.Político através desse link: promoção.

O Bem-Aventurado Sr.Político: O Bem-Aventurado Sr. Político é um homem de sorriso fluorescente e cheio de boas intenções. Honesto, correto e íntegro como um bom político deve ser. Suas ações chamam a atenção da grande massa popular por seu positivismo. Porém, um homem desempregado na mesa de um bar resolve tirar satisfação dessas virtudes que não trazem melhoras para o país.

Também estou participando do Inktober. Os desenhos não são bons, mas estão me ajudando a quebrar a cabeça e pensar rápidos em ideias funcionais. A maior parte do processo é bem frustante, mas são algum resultado vindo de alguém que não faz nem um ano que estudo arte por conta própria. Antes eu não fazia nada, agora faço alguma coisa. Essa linha de pensamento não deixa de ser frustante, mas é o que tenho no momento.

Aproveitem a promoção (=

domingo, 2 de setembro de 2018

Promoção - Rei e o Monstro Gigante e Leito Hospitalar

Rei e o Monstro Gigante e Leito Hospitalar: Sozinho no branco vazio foram meus dois contos escolhidos para participar da minha nova promoção na Amazon. Utilizando esse link, você terá a oportunidade de adquirir as duas obras de forma gratuita.

Rei e o Monstro Gigante: Com apenas oito anos de idade uma menina sente que suas ações podem impedir a destruição da sua terra natal. Rei, a protagonista dessa história, terá que superar uma grande perda para poder desenvolver a coragem necessária para interromper o avanço do Monstro Gigante que assola a costa do Japão.

Leito Hospitalar: Sozinho no branco vazio: Leito Hospitalar narra a trajetória de Israel, um menino de onze anos de idade que tem que lidar com uma internação repentina. Para uma criança, o cotidiano hospitalar pode ser traumatizante.

Leito Hospitalar: Sozinho no branco vazio e Rei e o Monstro Gigante.
Resolvi colocar dois contos de graça na Amazon para quem quiser baixar e ler. Ainda não é uma nova estratégia de marketing para os novos tempos de relacionamento midiático com essa industria muito louca que é o mercado literário nacional, mas espero que seja um começo onde eu possa voltar a divulgar meu trabalho de forma mais efetiva e gratificante.

Ainda estou com a expectativa de escrever algo novo nesse ano, a ideia aparenta ser boa, mas ainda requer maturação para poder entregar um bom resultado. Se escrever, provavelmente só irei lançar essa nova obra em meados de 2019, primeiro semestre. Porém, se eu for rápido, o que não vai acontecer, talvez consiga preparar alguma coisa para dezembro.

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Diário 03 - Expectativas para o final do ano

Após uns seis meses de trabalho, finalmente consegui uns trocados com trabalhos artísticos. Estou desenhando e trabalhando com design editorial, que é uma das minhas especialidades por formação acadêmica e rotina de vida, como é perceptível pelos meus contos e roteiros.

Estou com dificuldade de aprender as informações dos fundamentos de perspectiva, anatomia e pose. São, basicamente, as três partes básicas de um desenho. A pintura eu consigno de resolver, tenho um ótimo e-book e venho trabalhando com isso a mais tempo do que desenhando. Nesse caso, do trabalho com cores, sei onde conseguir recursos para meu aprendizado por conta própria, mas o mesmo não está acontecendo com os três elementos citados anteriormente.
She-Ra por Dulcelino Neto.
Por outro lado, na área da escrita, não estou conseguindo ler como gostaria e, consequentemente, isso tem afetado meus projetos de texto: não estou escrevendo, mas estou tendo muitas ideias interessantes, seja para escrita criativa ou para meus artigos. Quero voltar a escrever e ler com frequência até o final do ano e, se isso acontecer, esse blog terá mais postagens além dos meus diários de trabalho.

sábado, 14 de julho de 2018

Diário 02 - Um fracasso em construção

Bem, não organizei minha vida nem nada, mas consegui um freela que me ajudou a ter dinheiro para condução e comprar ração para o periquito. Isso é bom, não é? Bem, ao todo, não é bom, pois a esperança é o primeiro passo para o desespero completo seguido da derrocada da humanidade como um todo. Por um azar do destino, olhei para o céu, hoje pela manhã, e não havia dois sóis com a possibilidade de um deles estar se aproximando da terra.

Comecei a usar o meu instagram, estou postando algumas coisas e ainda estou tentando compreender o funcionamento da ferramenta para poder atrair mais seguidores e pessoas interessadas no meu trabalho. O problema é que o meu trabalho ainda é muito limitado, principalmente com dez anos de atraso que estão sendo recuperados em menos de seis meses. Mais um fracasso e contando.

Meu perfil (:
Voltei a fazer os estudos de pintura, especialmente para o corpo humano, sei que posso chegar em resultados satisfatórios nesse aspecto, o meu problema está na anatomia como um todo. O básico, o desenho. Vejo alguns vídeos, pratico os traços e falho miseravelmente como o esperado. Necessito fazer um curso focado nisso, mas sei que não vai acontecer.

Na literatura, estou com ideais para um novo conto e um novo livro. Quero entrar em contato com as editoras, no entanto, sei que ainda não sou interessante para as casas, não por uma questão de qualidade, mas uma questão de contatos e referências. Não vejo nenhuma editora se interessando por mim apenas por escrever uma história bacana. Há aquela linha tênue ao qual não consigo enxergar para poder me aproximar das editoras.

Ademais, terminei um desenho que havia ficado abandonado nos meus arquivos: fique à vontade para o utilizar chamando a atenção da sua gatinha ou boy desaparecido!

Clique para ampliar ( ͡° ͜ʖ ͡°)

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Diário 01 - Organizando a vida e os desenhos


Minha existência é uma bagunça desagradável, mas no meio disso tento me organizar, conseguir o famoso e escasso dinheirinho enquanto me esforço sem retorno com meus estudos de arte dentro de um plano geral existencial irrelevante.

Use esse e-mail para contato profissional: nolicedul@yahoo.com.br

Reorganizei meu portfólio no Deviantart enquanto negligencio o Behance. No caso do Behance, o criei por um objetivo específico ao qual não tenho tanto interesse como há meses atrás, pois ainda preciso me especializar um pouco mais. O link do behance está ali do lado, mas para ir ao deviantart é só clicar aqui.

Recentemente eu criei uma conta no Artstation e no Instagram, mas ambos estão sem publicações. O primeiro por uma questão de organização e o segundo de sentimentalismo. Além disso, também publiquei um novo artigo no médium: Breves memórias de pessoas irrelevantes.

Estou tentando fazer estudos de anatomia conforme copio tutoriais e afins ao mesmo tempo que quebro a cabeça para criar uma rotina que seja realmente eficiente para o meu aprendizado. Nunca tive dinheiro para cursos, agora não será diferente.
Copiando desenhos para aprender umas paradinhas.
Também tenho aperfeiçoado na criação de storyboards, pois essa profissão específica envolve duas coisas que aprecio muito: roteiros e ilustração. Se eu conseguir nivelar, mesmo que por baixo, meus desenhos com os meus textos, poderei atuar na área. Há algumas lacunas de oportunidade nesse setor, então vou ver se chamo a atenção de uma boa alma para o meu trabalho.
Por Dulcelino Neto.

domingo, 27 de maio de 2018

Diário 00 - Estudo de arte (Ilustração)

Tempos difíceis e desesperador, no momento estou estudando ilustração. Minha ideia inicial era estudar apenas cores, mas me é mais palatável trabalhar com desenhos também. Vou começar a postar por aqui alguns, seja rascunhos ou arte finalizadas para deixar o blog um pouco mais movimentado. Ainda pretendo escrever um novo conto esse ano, mas não sei quando e se terei uma história bacana para contar. Tenho ideias, falta saúde para manter o foco adequado.

Esses são meus primeiros estudos: primeiramente separei algumas fotografias e fiz desenhos separados de olhos, bocas e narizes. Vi o padrão que ficou melhor, no caso, as partes da Saoirse Ronan, e juntei os três desenhos, aperfeiçoando um pouco, e fiz o rosto da atriz baseado apenas em observação. ignorem os comentários depreciativos.
Estudo de olhos por Dulcelino Neto.
Estudo de narizes por Dulcelino Neto.
Estudo de bocas por Dulcelino Neto.
Fiquei feliz que o desenho da Saoirse ficou bom, pois acompanho a carreira dela há muito tempo, não como um fanzinho fanático, mas como um admirador de suas qualidades e fofura. Temos praticamente a mesma ideia e cresci vendo seus filmes. Achei o resultado final da arte mais do que satisfatório levando em consideração que comecei a desenhar, estudando, apenas nesse ano.
Estudo de retrato (Saoirse Ronan) por Dulcelino Neto.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

11 podcasts que não são o Nerdcast

Sim, o Nerdcast é o maior podcast do país e provavelmente você já ouviu.

Não vou falar do nerdcast, vá lá ouvir se quiser.

Essa é uma lista de 11 podcasts que não são o nerdcast.

Seguindo: como é previsível, sou ouvinte do nerdcast, conheci o site em meados de 2009, mas só fui acessar com interesse e, finalmente, ouvir meu primeiro podcast em 2010. Desde então a mídia se tornou uma adorável companhia, seja durante o trabalho ou jogando vídeo game.

No decorrer dos anos acabei ouvindo vários podcasts, mas nenhum ficou muito fixo na minha rotina. Foi só recentemente que passei a ouvir um pouco mais, incluso os videocast, que aqui também estão sendo considerados como podcasts. O meu foco é bem específico, geralmente relacionado à cultura pop de um modo geral, porém, também destaco um programa de rádio.

Separei por ordem alfabética para ser mais prático:

Anime Freak Show: foi o primeiro podcast relacionado a animes que ouvi, mas, infelizmente, o programa meio que acabou dentro de uma periodicidade de ano bissexto. Por sorte, o site ainda continua no ar com todos os seus programas disponíveis para quem quiser ouvir. Os seus participantes, liderados por um rapazote chamado Sky, seguem um padrãozinho de otakinhos silvestres, peculiares seguindo o ritmo de entretenimento do programa. O AFS também é bastante informativo e técnico na hora de passar dados e detalhes sobre a produção de animes.

Asterisco: se não estou enganado, existem dois podcasts com esse nome, mas estou me referindo especificamente ao podcast do Judão. O Judão é mais um site de cultura pop velho de guerra que fala sobre coisinhas nerds, porém, a pegada do bate papo é um pouco diferente, envolvendo convidados especiais e até entrevistas. De vez em quando rola uns spoilers em conversas com os convidados especiais, mas é raro e não é nada que vai lhe agredir. Eles já trocaram uma ideia com a Leandra Leal e como o Borbs, criador do site, é um ex-VJ da extinta MTV Brasil e amigo dos famosos, de vez em quando outras personas marotas, como a MariMoon, dão o prazer de sua graça vocal no programa.

Balcão de Informações: descobri o Balcão de Informações recentemente devido a um vídeo da Mikann. Como o nome indica, o Balcão de Informações é um programa onde seus apresentadores, Fernando Tengu e P.H (não o Santos), respondem perguntas aleatórias tal qual um legítimo centro de informações com pessoas que não são necessariamente especializadas nos questionamentos em pauta.

Bate-Papo Ilustrado: o Bate-Papo Ilustrado é um videocast sobre formas de arte relacionadas a ilustrações. Comecei a acompanhar o trabalho dos participantes, Alexandre Leoni, Lucas Ribeiro, Pri Wi e Doug Lira, quando embarquei de vez no mundo das artes. Informativo e divertido, o programa é perfeito para quem está querendo aprender um pouco mais sobre o mundo das artes gráficas.

Descontruindo: o descontruindo é o podcast do Eduardo Spohr, autor mais conhecido pelo livro A Batalha do Apocalipse. O podcast, hospedado no blog Filosofia Nerd, não tem nenhuma periodicidade, mas os temas abordados, geralmente voltados a pontos específicos da cultura nerd, como RPG, são bem interessantes. Os especiais sobre escrita, onde o autor convida outros escritores para falar sobre o processo de criação, são excelentes.

Fala Otaku: um videocast sobre otakus falando sobre coisas. Simples, né? Então, o programa já tem alguns anos e geralmente ocorre ao vivo no youtube todas as quintas-feiras. Como o Portal Genkidama, idealizador do programa, não é autossustentável e cheio dos dinheiros, de vez em quando a periodicidade é afetada. No entanto, o conteúdo é sempre interessante e os participantes rotativos, dependendo de quem estiver disponível para poder mostrar seu rostinho na webcam. O charme do Fala Otaku está na aleatoriedade dos assuntos, podendo abordar questões sociais, informações sobre o mercado de animes/quadrinhos e até mesmo um bom papo de bar. #VoltaClara.

Ghost Writer: sem periodicidade nenhuma e podendo deixar de existir a qualquer momento, o Ghost Writer é um podcast sobre literatura que sempre conta com autores como participantes especiais para discorrer sobre assuntos relacionados a escrita ou para uma boa entrevista sobre carreira e afins.

Gugacast: o gugacast é um dos melhores podcast que conheci recentemente. O programa é focado em histórias de seus ouvintes ou dos participantes. Às vezes voltado para temas específicos ou para uma história que perdurem o tempo de gravação como um todo. Divertido e acolhedor, o Gugacast é uma ótima fonte de nomes e sinônimos que podem definir o capiroto.

IconicCast: um podcast de entrevistas focado em ilustradores e outros seres peculiares que rodeiam o mundo das artes, como roteiristas, coloristas e produtores. Comandado pelo jovem empresário bilionário viajador de mundos Henrique Lira ao lado do caseiro Marco Alvares, o programa é bastante inspirador para os profissionais da área que apreciam histórias de carreira de outros artistas com um toque de filosofia.

Imagina Juntas: o Imagina Juntas não tem uma pauta específica, o importante é o bate-papo descontraído de seus participantes. O programa é liderado pela Carol “Tchulim” Rocha, conhecida por ser uma mãe publicitária manjadora das internets que atropelou um ônibus com seu ensaio sensual de maior acesso do site da Revista TRIP – ela é tudo isso, mas não tudo ao mesmo tempo e não necessariamente nessa ordem. Jessica Grecco, também moça publicitária e idealizadora do Indiretas do Bem, é a verdadeira alma organizadora responsável pelo bem-estar da existência do podcast. O programa também conta com o Gus, apelido do Gustavo Lanzetta.

TRIP FM: a TRIP FM é um programa de rádio que beira os trinta anos de existência, ou seja, eles são velhos. Esse é um programa de entrevista que é disponibilizado em formato de podcast no site da revista, onde é possível ter acesso a um longevo acervo de conteúdo. Informativo, divertido e musical.