segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Três Coisinhas: Sword Art Online

Introdução: Criado por Reki Kawahara em uma Light Novel, que é um livro simplista composto basicamente por diálogos e ilustrações, Sword Art Online, ou apenas SAO, narra a estória de um grupo de pessoas que ficam presas em um jogo mortal.

1º O mundo de Sword Art Online: SAO é um MMORPG de realidade virtual onde os seus jogadores ficam imersos por completo na sua interface sem poder deslogar. O ambiente ao redor desse mundo usufrui bastante de referencias e aspectos de jogos reais de MMORPG, a pessoa que já teve contato com esse tipo de jogo vai ficar bastante familiarizada com tais características no anime, incluindo a barra de vida e o menu interativo dos personagens.
2º Profundidade narrativa: No primeiro momento em que o protagonista entra em SAO o mundo real é esquecido, o que ajuda a deixar a trama mais densa, pois o telespectador, ao lado do personagem, fica cego em relação ao que está acontecendo no mundo real. Para que todos deslogem é necessário zerar o jogo, mas isso é uma tarefa muito difícil, afinal quem morre no jogo também perece fora dele. O medo de morrer e a esperança de poder viver ajuda a aprofundar os personagens, o que faz de SAO uma aventura emocionante.
3º O romance: Um casal formado aos poucos em prol da profundidade narrativa mencionada no segundo item do "Três coisinhas". A relação de Kirito e Asuna nasce da necessidade dos dois precisarem trabalhar em equipe durante uma missão. Independente do trabalho em conjunto, eles só voltam a se encontrar após um longo período de tempo. Depois do reencontro, a amizade tem inicio como uma maneira de aprofundar a trama através da visão de ambos, isso permanece até a inevitável união do casal. Sem medo de errar posso dizer que Kirito e Asuna é um dos casais mais carismáticos da cultura pop dos últimos anos.
Conclusão: Sword Art Online aborda com maestria e simplicidade as relações humanas modernas, principalmente direcionadas aos jovens, que gostam de jogos, redes socais e internet em geral. SAO é um prato cheio para quem aprecia aventura, drama  e romance, ou que simplesmente curta um bom anime.
Obs: Você pode assistir o anime pela Netflix. A Panini vai trazer o mangá para Brasil, mas ainda não existem datas ou mais informações sobre o lançamento. A série animada é excelente até o episódio 14, onde poderia ter encerrado de forma épica. Independente desta ressalva, os episódios subsequentes também são divertidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário