terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Três Coisinhas: Carolina Munhoz

Introdução:  Nascida em São José do Rio Preto, Carolina Munhoz Honório se mudou bem cedo para a segunda metrópole paulista, Campinas, a cidade onde o seu coração aperta em toda as visitas e escalas de voos. Após uma série de desventuras, a jovem Carolina, em seus dezesseis anos de idade, teve um sonho com uma fada e resolveu depositar suas emoções em um livro. Com quatro anos de batalhas para publicação, a obra chegou nas livrarias de forma independente, para depois ser lançada pela editora Novo Século e pela Fantasy - Casa da Palavra. Hoje, no final de 2014, a Carol tem quatro obras publicadas e se prepara para uma trilogia, que sairá pelo selo Fantástica da editora Rocco.

1º O ser humano: Não sei se é possível indicar uma pessoa, mas é exatamente isso que estou fazendo. Para quem leu um dos seus livros, ou simplesmente é fã do seu trabalho, saiba que isso não é o suficiente, você pode estar perdendo a melhor parte da obra, que é justamente a autora. Mesmo com muitos motivos para parar e chorar, e acredite, ela chorou, a Carol não parou, persistiu e prosperou. Conhecer a autora é se aprofundar ainda mais em suas estórias, caso não tenha percebido, alguns dos seus livros seguem parcialmente a linha cronológica da sua vida. A adolescente insegura aparece em A Fada, a mulher madura no Inverno das Fadas e a pessoa que se arriscou e aprendeu a se divertir em Feérica, o ultimo transita entre o primeiro e o segundo. Volto a repetir, ignorar a autora é perder a melhor parte do livro, não façam isso.
2º A profissional: Toda pessoa que trabalhou uma vez na vida sabe que um bom profissional faz uma diferença absurda em seu meio. Não estamos necessariamente falando sobre a qualidade do produto, mas sim sobre o esforço e competência prestado pela pessoa que o produz. A trajetória da Carol é motivadora, desde o seu empenho para escrever o livro até o contato com o público. Fiz uma singela amizade virtual com a autora através desse contato, isso aconteceu em tempos mais modesto, quando ela era uma fada baixa renda havia acabado e publicar o seu primeiro livro de forma independente. Em conversas fiadas via twitter e pelo falecido Orkut, ela me deu dicas sobre faculdade, ao qual não fiz nenhuma, e me orientou sobre como ser um escritor profissional, desde o tempo empregado no trabalho a técnicas de escrita em si, algumas dessas conversas resultaram na obra (conto) que está à venda na barra lateral direita desse blog COMPREM!. A trajetória inspiradora de sucesso da Carol se remete apenas a sua competência de administra a própria carreia.
3º Os livros: Tenho todos os livros da Carol, mas ainda não li O Reino das Vozes Que Não Se Calam, obra escrita a quatro mãos com a atriz e cantora Sophia Abraão, que atualmente está no ar com a novela Alto Astral. Não sou o público alvo, o que é ligeiramente estranho, pois sou um consumidor ativo do seu trabalho. Como costumo fazer, expresso a minha opinião diretamente com a autora, por isso desfrutarei de um método diferente para falar sobre as suas obras. No lugar da minha visão sobre os livros, usarei como exemplo a opinião dos seus fãs. Devido a grande proximidade da Carol com o público, o seu leitor(a) fica diretamente interligado com o seu trabalho. Para eles, as suas estórias não servem apenas como uma mera fonte de entretenimento, o seu mundo de fadas proporcionou para essas pessoas um pouco de alto conhecimento e os motivou a enfrentar os problemas corriqueiros da vida. O que vejo acontecer é que os seus livros são um pedacinho dela que abraçam o leitor(a) e lhe proporcionam uma sensação única de carinho e conforto.
Conclusão: Carolina Munhoz é um ser humano fantástico e uma profissional esforçada. O seu trabalho continuara a galgar ao sucesso por causa da combinação dessas duas qualidades. Como leitor, falando apenas com interesse pessoal, gostaria de ver a Carol escrevendo algo diferente, com foco além do romance. Espero que um dia ela retorne um pouco ao seu passado gótico - sim, ela tem um passado gótico - e escreva um livro nesse estilo, aproveitando boas vibrações provindas da Mary Shelley e de seus companheiros de escrita que fizeram uma visita criativa na casa do Lord Byron. Carol, isso foi um desafio!

Compre os livros da autora.

A Fada
Fnac (R$ 17,90) - Saraiva (R$ 25,84) - Livraria da Folha (R$ 24,90).

O Inverno das Fadas
Livraria da Folha (R$ 31,80) - Saraiva - Ebook (R$ 19,85).

Feérica
Livraria da Folha (R$ 24,90) - Saraiva (R$ 25,51).

O Reino das Vozes Que Não se Calam
Americanas (R$ 19,90) - Saraiva (R$ 23,60) - Submarino (R$ 20,80).

Nenhum comentário:

Postar um comentário