domingo, 1 de janeiro de 2017

Retrospectiva: Animes assistidos em 2016

Como bem descrevi na minha postagem de 12 coisas boas em um ano de merda, uma das minhas melhores posturas foi criar uma lista das coisas que consumi. Resolvi listar e fazer breve comentários, não necessariamente técnicos, sobre todos os filmes que assisti e, indo além, resolvi catalogar também as séries de TV, animes (desenhos animados) e minhas leituras. Só os filmes possuem comentários e notas (margem de 1/5).
Shirobako.
Essa é a lista de animes e desenhos animados (sei que é mesma coisa, só estou diferenciando para não haver confusão). Os títulos que estão marcados em vermelho são aqueles que mais recomendo, o que não quer dizer que sejam os melhores da lista, mas sim o que acredito que mereçam um destaque, saindo um pouco do óbvio. Confira:

1. Wake-Up Girls (Começado em 2015);
2. Dragon Ball (Começado em 2015);
3. Fairy Tail (Começado em 2015);
4. Fate/Stay Night - Unlimited Blade Works;
5. Ghost in The Shell – Stand Alone Complex 2;
6. Komori-san wa Kotowarenai!
7. Aku no Hana;
8. Avatar: O último mestre do ar;
9. Sword Art Online II;
10. Shirobako;
11. Hunter x Hunter;
12. One-Punch Man;
13. Shimoneta;
14. Gekkan Shoujo Nozaki-kun;
15. Sakurako-san no Ashimoto ni wa Shitai ga Umatteiru (Abandonado no episódio 5);
16. Little Witch Academia;
17. Parasyte – Kiseijuu;
18. Fairy Tail 2;
19. Bakuman 2;
20. Haikyuu;
21. El Hazard;
22. Gravity Falls;
23. Ajin;
24. Terror in Resonance;
25. Pokémon – Origin;
26. Magi – As Aventuras de Simbad;
27. No Game No Life;
28. Boku no Hero Academia;
29. Deadman Wonderland;
30. Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka;
31. Hora de Aventura;
32. Mnemosyne no Musume-Tachi;
33. Steins Gate;
34. Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu;
35. Star Wars: A Guerra dos Clones;
36. Bakuman 3;
37. Trollhunters.

Nenhum comentário:

Postar um comentário