segunda-feira, 2 de abril de 2018

11 podcasts que não são o Nerdcast

Sim, o Nerdcast é o maior podcast do país e provavelmente você já ouviu.

Não vou falar do nerdcast, vá lá ouvir se quiser.

Essa é uma lista de 11 podcasts que não são o nerdcast.

Seguindo: como é previsível, sou ouvinte do nerdcast, conheci o site em meados de 2009, mas só fui acessar com interesse e, finalmente, ouvir meu primeiro podcast em 2010. Desde então a mídia se tornou uma adorável companhia, seja durante o trabalho ou jogando vídeo game.

No decorrer dos anos acabei ouvindo vários podcasts, mas nenhum ficou muito fixo na minha rotina. Foi só recentemente que passei a ouvir um pouco mais, incluso os videocast, que aqui também estão sendo considerados como podcasts. O meu foco é bem específico, geralmente relacionado à cultura pop de um modo geral, porém, também destaco um programa de rádio.

Separei por ordem alfabética para ser mais prático:

Anime Freak Show: foi o primeiro podcast relacionado a animes que ouvi, mas, infelizmente, o programa meio que acabou dentro de uma periodicidade de ano bissexto. Por sorte, o site ainda continua no ar com todos os seus programas disponíveis para quem quiser ouvir. Os seus participantes, liderados por um rapazote chamado Sky, seguem um padrãozinho de otakinhos silvestres, peculiares seguindo o ritmo de entretenimento do programa. O AFS também é bastante informativo e técnico na hora de passar dados e detalhes sobre a produção de animes.

Asterisco: se não estou enganado, existem dois podcasts com esse nome, mas estou me referindo especificamente ao podcast do Judão. O Judão é mais um site de cultura pop velho de guerra que fala sobre coisinhas nerds, porém, a pegada do bate papo é um pouco diferente, envolvendo convidados especiais e até entrevistas. De vez em quando rola uns spoilers em conversas com os convidados especiais, mas é raro e não é nada que vai lhe agredir. Eles já trocaram uma ideia com a Leandra Leal e como o Borbs, criador do site, é um ex-VJ da extinta MTV Brasil e amigo dos famosos, de vez em quando outras personas marotas, como a MariMoon, dão o prazer de sua graça vocal no programa.

Balcão de Informações: descobri o Balcão de Informações recentemente devido a um vídeo da Mikann. Como o nome indica, o Balcão de Informações é um programa onde seus apresentadores, Fernando Tengu e P.H (não o Santos), respondem perguntas aleatórias tal qual um legítimo centro de informações com pessoas que não são necessariamente especializadas nos questionamentos em pauta.

Bate-Papo Ilustrado: o Bate-Papo Ilustrado é um videocast sobre formas de arte relacionadas a ilustrações. Comecei a acompanhar o trabalho dos participantes, Alexandre Leoni, Lucas Ribeiro, Pri Wi e Doug Lira, quando embarquei de vez no mundo das artes. Informativo e divertido, o programa é perfeito para quem está querendo aprender um pouco mais sobre o mundo das artes gráficas.

Descontruindo: o descontruindo é o podcast do Eduardo Spohr, autor mais conhecido pelo livro A Batalha do Apocalipse. O podcast, hospedado no blog Filosofia Nerd, não tem nenhuma periodicidade, mas os temas abordados, geralmente voltados a pontos específicos da cultura nerd, como RPG, são bem interessantes. Os especiais sobre escrita, onde o autor convida outros escritores para falar sobre o processo de criação, são excelentes.

Fala Otaku: um videocast sobre otakus falando sobre coisas. Simples, né? Então, o programa já tem alguns anos e geralmente ocorre ao vivo no youtube todas as quintas-feiras. Como o Portal Genkidama, idealizador do programa, não é autossustentável e cheio dos dinheiros, de vez em quando a periodicidade é afetada. No entanto, o conteúdo é sempre interessante e os participantes rotativos, dependendo de quem estiver disponível para poder mostrar seu rostinho na webcam. O charme do Fala Otaku está na aleatoriedade dos assuntos, podendo abordar questões sociais, informações sobre o mercado de animes/quadrinhos e até mesmo um bom papo de bar. #VoltaClara.

Ghost Writer: sem periodicidade nenhuma e podendo deixar de existir a qualquer momento, o Ghost Writer é um podcast sobre literatura que sempre conta com autores como participantes especiais para discorrer sobre assuntos relacionados a escrita ou para uma boa entrevista sobre carreira e afins.

Gugacast: o gugacast é um dos melhores podcast que conheci recentemente. O programa é focado em histórias de seus ouvintes ou dos participantes. Às vezes voltado para temas específicos ou para uma história que perdurem o tempo de gravação como um todo. Divertido e acolhedor, o Gugacast é uma ótima fonte de nomes e sinônimos que podem definir o capiroto.

IconicCast: um podcast de entrevistas focado em ilustradores e outros seres peculiares que rodeiam o mundo das artes, como roteiristas, coloristas e produtores. Comandado pelo jovem empresário bilionário viajador de mundos Henrique Lira ao lado do caseiro Marco Alvares, o programa é bastante inspirador para os profissionais da área que apreciam histórias de carreira de outros artistas com um toque de filosofia.

Imagina Juntas: o Imagina Juntas não tem uma pauta específica, o importante é o bate-papo descontraído de seus participantes. O programa é liderado pela Carol “Tchulim” Rocha, conhecida por ser uma mãe publicitária manjadora das internets que atropelou um ônibus com seu ensaio sensual de maior acesso do site da Revista TRIP – ela é tudo isso, mas não tudo ao mesmo tempo e não necessariamente nessa ordem. Jessica Grecco, também moça publicitária e idealizadora do Indiretas do Bem, é a verdadeira alma organizadora responsável pelo bem-estar da existência do podcast. O programa também conta com o Gus, apelido do Gustavo Lanzetta.

TRIP FM: a TRIP FM é um programa de rádio que beira os trinta anos de existência, ou seja, eles são velhos. Esse é um programa de entrevista que é disponibilizado em formato de podcast no site da revista, onde é possível ter acesso a um longevo acervo de conteúdo. Informativo, divertido e musical.

Nenhum comentário:

Postar um comentário